Expandindo Horizontes: A Jornada da Meli Bees Além das Fronteiras pela Justiça Climática

Explore nossa jornada em novos territórios enquanto defendemos as vozes dos Povos Indígenas e Comunidades Locais na nossa luta por justiça climática. Este post destaca histórias envolventes de Sápmi, Peru e México, onde a sabedoria tradicional se funde com nossos esforços regenerativos, impulsionando nossa missão adiante.

Autora: Laura Soto
Read in English

Na Meli, nossa missão de empoderar comunidades indígenas através de atividades de preservação ambiental e regenerativas avançou significativamente. Originalmente atuando no Brasil, onde estabelecemos uma robusta rede de mais de 60 comunidades, agora estamos expandindo nossas asas para outros países de língua espanhola da América Latina. Esta expansão não é apenas geográfica, mas também um aprofundamento de nosso compromisso cultural e ambiental, visando levar nossas abordagens inovadoras a um público mais amplo e aprender com os ricos tecidos culturais de novas regiões.

Nossa jornada de expansão e troca cultural é pontuada por nossas reuniões quinzenais de sexta-feira. Esses encontros são mais do que simples reuniões; são uma celebração da diversidade, resiliência e compromisso compartilhado com a regeneração e justiça climática. Cada sessão serve como uma plataforma vibrante para as vozes de nossa rede, permitindo aos membros compartilhar suas culturas, idiomas, tradições e práticas inovadoras.

Nas sessões recentes, tivemos o privilégio de ouvir três defensores notáveis de comunidades fora do Brasil, cada um defendendo a causa da gestão ambiental e preservação cultural:

Sof’ Elle Beaivvi Mira do povo Sámi de Sápmi, que se estende pela Finlândia, Noruega, Suécia e Rússia. Como estagiária na Meli Bees, Mira está aplicando seu foco acadêmico na língua Sámi do Norte aos nossos projetos, trazendo insights valiosos sobre as práticas tradicionais e contemporâneas de seu povo. Durante sua apresentação, ela destacou como essas práticas estão intrinsecamente ligadas à gestão ambiental e resiliência climática, desde a criação nômade de renas até a pesca e caça sustentáveis. Sua apresentação incluiu uma exploração da poesia Sámi e do vestuário tradicional, junto a uma discussão sobre seus movimentos de direitos históricos e contínuos, refletindo uma comunidade profundamente engajada na preservação de seu patrimônio ambiental e cultural.

Shirlley Mamani da comunidade Aymara no Peru, uma recente bolsista em nosso programa Pollinators, enfatizou a relação espiritual e recíproca que seu povo mantém com a terra. Ela detalhou como as práticas agrícolas e pecuárias tradicionais Aymara estão profundamente incorporadas com valores espirituais, demonstrando uma abordagem holística da gestão da terra que sustentou sua comunidade por gerações. As percepções de Shirlley lançam luz sobre a importância das tradições culturais na promoção do equilíbrio ecológico e resiliência.

Laura Soto, nossa Diretora de Crescimento Global da Cidade do México, mergulhou na cultura Nahua, descendentes dos Mexicas (Astecas). Laura compartilhou como o povo Nahua influenciou a cultura e linguagem globais, com contribuições como “chocolate”, “abacate” e “tomate”. Ela também destacou práticas locais como o Dia dos Mortos e a técnica de agricultura chinampas — um modelo de agricultura sustentável que utiliza jardins flutuantes para maximizar o uso da terra e água sem degradar o ambiente.

Essas apresentações não apenas enriquecem nosso entendimento e apreço, mas também destacam o papel pivotal da sabedoria e práticas indígenas no enfrentamento dos desafios ambientais globais. À medida que a Meli Bees continua a evoluir, estamos comprometidos em fomentar um movimento que respeite e revitaliza as culturas e ambientes indígenas.

Junte-se a nós nesta jornada inspiradora enquanto colaboramos, aprendemos e crescemos juntos no espírito de regeneração e justiça climática. Juntos, não estamos apenas respondendo às mudanças climáticas; estamos ativamente construindo um futuro sustentável, guiados pela sabedoria daqueles que viveram em harmonia com a terra por gerações.

Your donation can have a positive impact on the world!
Subscribe to receive our Newsletter!
Find us also at LinkedinFacebookTwitter or Instagram
www.meli-bees.org
❤️

One Reply to “Expandindo Horizontes: A Jornada da Meli Bees Além das Fronteiras pela Justiça Climática”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *